Agora ou depois?!

a

A espera foi longa sim

Até eu descobrir o que estava errado comigo

Porquê o bebê estava demorando tanto!

. . .

Agora me recupero da cirurgia

Esta doença que estava se alastrando dentro de mim: Endometriose

Silenciosamente sem sintomas, sem dor!

. . .

Primeira etapa cumprida!

Alívio!

. . .

Sonhos voltam ao meu pensamento

Planos perdidos começam a animar meu coração

As dúvidas existem aos montes sim

Mas a esperança parece vencer o desanimo, o medo muitas vezes

. . .

Mas o prazo dado pelo médico foram de seis a um ano de tratamento!

É um prazo longo, longo demais pra quem espera tanto tempo!

. . .

E enquanto o tratamento não começa…

Eu estou aqui livre, leve e solta… Disposta a arriscar para que algo especial aconteça

Afinal, as chances são maiores agora

. . .

Esperança

Caminho longo

camino_al_exito-aforismos-cultura_reviu-com-450x261

Inquietude

Dor silenciosa. Imperceptivel. Grito preso na garganta.

Perguntas que martelam a cabeça

Sonhos que foram destruídos

Planos incertos

. . .

“As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?

Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.”
Sl 42:3 e 11

Ataque Silencioso

Endometriose-e-a-novela

Não há mais dúvidas. O diagnóstico foi dado.

Surpreendida. Dentro de mim algo me consumia silenciosamente. Me impedia de gerar.

. . .

Eu deveria sentir muita dor aqui, ali, acolá… Assim eu saberia que algo estava errado!

Por que deixei passar algo tão grave! Que momento era pra eu perceber?!! Por que os médicos..?!

Muitos porquês martelam minha cabeça

. . .

Eu ainda acordo e tenho a sensação que nada disso aconteceu

Foi apenas um sonho ruim

Mas ai sinto as limitações que a recuperação impõe

. . .

E um novo pensamento, um sonho irreal, começa a rondar minha mente

Eu poderei ser mãe.

É real sim! Está mais perto de acontecer.

. . .

Dor passageira

Alegria que se aproxima

. . .

Sorrio

Esperança

1217983958_casal_lua

Ninguém viu o problema

Mas ele existia

E estava ali à vista de todos

. . .

Lá se foi 99

Chegou 2013

Quando, finalmente, alguém enxergou

Trouxe tristeza sim

Raiva também

Mas muito mais esperança

. . .

Esperança que o sonho

Está mais perto do que nunca

Noite escura

SoulTento fugir dos meus pensamentos

. . .

Me sinto definhando

Não tenho chorado

Nem gritado

. . .

A dor pode ser bem dolorosa e silenciosa

E voce tenta manter um sorriso na cara

Porque é assim que as pessoas querem te ver

Por isso, a solidão

. . .

Eu tenho me tornado uma pessoa triste

Não sorrio como antes

Nem tenho mais aquela leveza

. . .

Tento manter minha mente ocupada

Mas não sei que rumo estou seguindo

O vento me leva pra algum lugar

. . .

Talvez o lugar da mesmice

De onde, um dia eu consegui fugir

E, por um tempo voar

. . .

Mas cortaram as minhas asas

E sufocam-me a cada dia

Não voo mais

. . .

Estou apavorada

E não tenho forças

As circunstâncias são mais fortes

E eu estou sozinha

Nessa luta silenciosa

Não conformada

Mas, por enquanto, sem forças

Cavando um abismo

o-que-e-colapso-mental

Pequenas atitudes fazem sim grandes estragos

Irrecuperáveis
 . . .
DECEPÇÃO. Causa dor. Causa mudança.
Nunca mais serei a mesma. Nunca mais sentirei da mesma forma.
. . .
 MENTIRA